Veja curiosidades e fotos históricas do “aeroporto” de Mafra

A notícia sobre o incêndio no “aeroporto” de Mafra na imprensa local causou espanto em muitas pessoas, admiração em outras e também gerou piadas nas redes sociais. Afinal, a cidade de Mafra tem um aeroporto?

Atualmente Mafra tem um aeródromo na verdade, cujo nome é Aeroporto Hugo Werner e fica localizado na Rua José Stoebel, no bairro Faxinal. Recebeu este nome no ano de 2000. Antes disso era chamado de Campo de Aviação.

Ele possui uma pista em grama medindo aproximadamente 920 x 99 metros de extensão para pousos e decolagens de pequenas aeronaves. O local encontra-se interditado desde 2003 pelo Departamento de Aviação Civil (ANAC), que é responsável pela fiscalização dos horários de voos, do grau de treinamento de tripulantes e da infraestrutura de aeroportos. Recentemente as autoridades locais tentaram reativar o local. Clique aqui e leia a reportagem.

Antes de surgir o “aeroporto” do bairro Faxinal, havia na localidade de São Lourenço, também em Mafra, a sede do Campo de Aviação, que foi construído na década de 30.

Em 1957, mais precisamente no dia 30 de março, o então Presidente da República, Juscelino Kubitschek de Oliveira, visitou as cidades de Rio Negro e Mafra acompanhado do Ministro da Guerra, Marechal Henrique Duffes Teixeira Lott e demais membros da comitiva.

Eles foram recepcionados pelo Comandante do Batalhão Mauá, Coronel Antônio Negreiros de Andrade Pinto e por autoridades locais no Campo de Aviação de São Lourenço, em Mafra.

Após a publicação sobre o “aeroporto de Mafra”, nas redes sociais surgiram comentários históricos, curiosos e emocionantes sobre o Campo de Aviação. Alguns deles (sem edição):

“A empresa Cruzeiro do Sul fazia voos de SP para aí, para minha avó Ilse Fendel (então Müller) visitar seu futuro marido Marcus Fendel… Bendito seja esse aeroporto! Kkkk”.

“É de se espantar mesmo eu estou com com 75 anos e quando eu era criança nós fomos ver um avião que tinha caído. Os jovens nem sabem tem tem um aeroporto”.

“já vi a esquadrilha da fumaça fazer apresentação ai…”.

“Antigamente era legal, tinha paraquedistas e de vez em quando esquadrilha da fumaça, clube de ultraleves, tem gente ignorante que faz uns comentários que nem sabem do que se trata, hj esta abandonado, poderia ser melhor aproveitado se as verbas que vieram tivessem sido usadas ali!”.

“Eu era criança e me lembro de tudo isso….minha mãe levava nois la na escolinha velha do Paula Feres para vermos as apresentações, se eu não me engano acabo tudo depois de um grave acidente com um filho(a) de algum dr aqui da cidade”.

Veja fotos atuais e históricas

Estas fotos eu fiz em 2020 ao visitar o “aeroporto” no bairro Faxinal:

Localização no Google Maps

Fotos históricas:


Foto Witt

  1. Imagem de perfil Marcos Siladji

    Fui em muitas festas aviatórias em finais de semana nesse campo. Tinha passeios de avião, paraquedistas, foto aérea, etc…era muito bom. O pessoal aguardava em fila no campo.😃😃 Tinha momentos em que tinha quatro/cinco aviões sobrevoando a cidade.

  2. Imagem de perfil Marcos Siladji

    Fui em muitas festas aviatórias em finais de semana nesse campo. Tinha passeios de avião, paraquedistas, foto aérea, etc…era muito bom. O pessoal aguardava em fila no campo.😃😃

  3. Imagem de perfil Marcos Siladji

    Meu pai e alguns parentes com laços familiares em São Paulo, faziam essa escala Mafra – São Paulo nas quintas feiras e domingos, dias em que a Cruzeiro do Sul operava. (Década de 50)

  4. Imagem de perfil Nedmar Ribas

    Bom dia!
    Gostaria de ver seu relato da apresentação de um show de paraquedas que ocorreu um incidente com a não abertura total do paraquedas, causando ferimentos no paraquedista.
    O silêncio foi total na multidão durante o atendimento médico até que o acidentado se falou: Ninguém vai aplaudir!
    Isto deve ter sido entre 1957 e 1959

  5. Imagem de perfil Elisabete Ribeiro

    Cheguei no Paraná a 30 anos, eu não tinha nem 18 anos ainda me apaixonei pelas cidades! Foi emocionante me senti em um conto de fadas a história a antiguidade era como estar vivendo em um grande e maravilhoso Castelo 🏰. E agora me entristeço olhando a cada dia que os jovens herdeiros nada estão fazendo para preservar a história de seus pais, avós e amigos…

Deixe o seu comentário