Como a vacina funciona; confira a analogia com o futebol

Muitas pessoas ficam com a dúvida: por que pessoas imunizadas morrem de Covid-19?

Casos de mortes de pessoas vacinadas contra a Covid-19 são esperados, mas pouco comuns. Eles podem acontecer independentemente da marca do imunizante que a pessoa recebeu e não significam que as vacinas não funcionam.

Um estudo da Info Tracker, plataforma de monitoramento da pandemia da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp), mostra que pessoas completamente vacinadas representaram 3,68% das mortes por Covid-19 que ocorreram no Brasil entre 28 de fevereiro e 27 de julho.

As vacinas disponíveis atualmente são seguras e bastante eficazes. No entanto, nenhuma vacina protege uma pessoa 100%. Seja do coronavírus ou qualquer outra doença. Nenhuma vacina deixa a pessoa imortal.

Para explicar como as vacinas funcionam, profissionais da saúde usam a uma analogia com o futebol:

“Uma boa vacina é como se fosse um bom goleiro. E como sabemos que o goleiro é bom? Vamos olhar o histórico dele. A frequência com a qual ele faz defesas. Se ele defende com frequência, ele é um bom goleiro. Isso não quer dizer que ele é invicto, que ele nunca vai tomar gol. Mas, mesmo se tomar gol, ele não deixa de ser um bom goleiro”.

“Mas se o time dele for uma droga, se a defesa do time dele for uma droga, ele vai tomar mais gol, porque vai ter muito mais bolas indo para o gol, então a probabilidade de ele errar aumenta”.

“A vacina diminui o seu risco de ficar doente, agora se você estiver numa área onde a defesa do time é ruim, onde o vírus está circulando muito, a probabilidade de você ficar doente aumenta”.

No caso das mortes de pessoas que já foram imunizadas, os profissionais da saúde afirmam que é preciso levar em consideração as características desses indivíduos. A idade, comorbidades e condições médicas específicas podem agravar os quadros da Covid-19 mesmo após a imunização completa.

Entre os idosos, por exemplo, é comum que o sistema imunológico sofra um declínio natural de suas funções com o avançar dos anos. Esse é um processo natural chamado de imunossenescência. Com isso, é possível que o estímulo fornecido pelas vacinas não seja suficiente para gerar uma resposta imune satisfatória contra a doença e os indivíduos desse grupo podem ficar mais suscetíveis às contaminações (embora seja importante reforçar que esses casos não são considerados uma regra).

Eu não sou médico, mas estas informações são de fácil entendimento, por isso estou divulgando. Todos nós aprendemos isso na escola. E basta pesquisar em sites especializados para compreender isso melhor.

Não permita que a ignorância tire a sua proteção. A vacina funciona e salva vidas! Receber a vacina é um ato solidário também, pois você garante a sua proteção e colabora para que a pandemia acabe logo.

A pandemia só acabará quando uma boa parte da população estiver vacinada. Enquanto houver um número grande de negacionistas, o vírus continuará ganhando força e o fim da pandemia será “adiada” cada vez mais.

Seja consciente! Pense na sua saúde, na saúde das pessoas que você ama e de todas as pessoas. Pratique a empatia!

Deixe o seu comentário